Dicas

Origem e propriedades

Embora haja controvérsias, estudos indicam a Ásia como local de origem do alho. Usado em larga escala na culinária do mundo todo, é também conhecido pelas suas propriedades terapêuticas, como por exemplo, redução de níveis de colesterol e da pressão sangüínea. O alho (Allium sativum) é formado por um bulbo arredondado (conhecido como cabeça), composto de 10 a 12 dentes, envolto por uma casca fina, que pode ser branca, rosada ou roxa. Seu forte aroma deve-se à presença da alicina (óleo volátil sulfuroso).


Como comprar

As cabeças de alho devem ser redondas, firmes e cheias, e com a parte exterior intacta e sem manchas. Os dentes devem ser firmes, graúdos e unidos. Evite comprar cabeças de alho cujos dentes estejam soltos, moles ou murchos.


Como armazenar

Embora sejam bonitas e decorativas, as réstias de alho não devem ficar muito tempo penduradas na cozinha, pois correm o risco de secar sobrando apenas cascas. Guarde o alho em lugar fresco (de preferência frio), seco e levemente arejado. Se for mantido em locais úmidos e quentes, vai mofar rapidamente e murchar. Uma boa maneira de armazenar a cabeça de alho inteira é colocá-la num recipiente de cerâmica com orifícios para ventilação. Desde que tomados os devidos cuidados na compra, é possível armazená-lo por até um mês. Se as condições do ambiente forem adequadas, pode chegar a até 2 meses. Outra forma de armazenamento é esmagar o alho e colocá-lo num vidro bem limpo e seco e mantê-lo fechado na geladeira. O alho não tem bons resultados quando congelado. Ao congelar pratos, deixe para adicionar o alho no momento de descongelá-los. Outra opção é guardar os dentes de alho inteiros, descascados. Neste caso, você pode cobri-los com azeite de oliva ou outro óleo, o que, além de conservar, permite usá-lo posteriormente na preparação de arroz, legumes e saladas.


Como utilizar

Os dentes de alho podem ser usados inteiros, amassados ou em lâminas, dependendo da intensidade de aroma e sabor que se queira dar ao prato. O dente inteiro permite que o alho seja eliminado, o que deixa a preparação mais suave. O uso de espremedor é a forma mais comum de esmagar o alho, que também pode ser amassado com a faca, pressionando-se a lâmina na parte mais larga do dente. Para picar o alho, descasque os dentes e corte-os em tiras no sentido do comprimento. Em seguida, corte na largura, fazendo movimentos de balanço com a faca.


Dicas culinárias

Ao refogar o alho em óleo ou azeite de oliva não doure muito, para evitar que fique amargo. Se desejar um sabor mais suave na preparação, frite o dente inteiro em óleo quente e, em seguida, retire o alho e despreze-o. Para dar um sabor mais suave nas preparações que irão ao forno, corte um dente de alho ao meio e esfregue na parte interna da assadeira. A quantidade de alho a ser adicionada na preparação deve ser 0,5% do peso do alimento a ser elaborado. Assim, um pedaço de carne de 2 kg deve ser temperado com 10 g de alho (cerca de 2 dentes grandes). Devido ao seu sabor marcante é recomendado usar o alho somente numa das preparações de uma refeição, a não ser que seja adicionado em pequenas quantidades.